DE OLHO NA BALANÇA

LilySlim Weight loss tickers

sábado, 10 de setembro de 2011

O FIM DA ERA DOCE


Acho que a parte mais difícil, não foi propriamente o deixar de comer (muito). Complicado mesmo foi o deixar de comer açúcar! É, porque, não ia adiantar muita coisa comer sequinho, gordura zero, pouco ou nenhum carboidrato, frutinhas, leguminhos e verdinhos, tudo regado à litros de refrigerante ou sucos de pózinho adoçado com quilos do bom e velho açúcar refinado nosso de cada dia (salve o União! E o Caravelas, e o Guarani, etc, etc...). E de sobremesa, aquelas duas ou três barras de chocolate... Amargo, que é muito mais saudável!... Aff... Fala sério, né!... rs. Se é pra cortar o açúcar, melhor cortar de vez. Cortar pela metade não ia fazer muito sentido. Então eu parti pra dentro. Resolvi encarar o desafio. Entrei no Guanabara decidida. Invocada, mas decidida... Fiquei horas olhando a seção diet, tentando escolher um adoçante “pra chamar de meu”, já sentindo aquele gosto de remédio horroroso que a grande maioria costuma deixar na boca. Tenso. Mas é aquela velha história: não tendo tú, vai mesmo! Pedi ajuda aos universitários (no caso, a um só) e optei pelo tal de MAGRO com Stevia, da Lightsweet. Cara! É uma delícia!... Não, sacanagem... pura mentira... rs. No começo é igual a todos os outros: ruim pra burro. Mas ele tem uma peculiaridade que eu não encontrei nos concorrentes: pouco (ou dependendo da bebida, nenhum) gosto de remédio. Restava apenas a prova final: o café com adoçante, arquinimigo de todo gordo tarado por açúcar! O café com adoçante tem um paladar de remédio tão ruim que beira o insuportável. Mas, eu tinha que tentar. Fui lá, coloquei meu café com leite, segui as recomendações do fabricante quanto ao uso do adoçante, pinguei a quantidade de gotinhas recomendadas, e... SURPRESA! Que café ruim da porra! Uma MERDA! Que gosto horroroso! Naquele momento eu jurei que, se tivesse que me entregar ao adoçante de vez nunca mais tomaria café novamente! Trágico!... rs. Mas em compensação, nas outras bebidas, até que caiu bem. Gostinho agradável, adoça bem, e (quase) zero sabor remédio. É, não se pode ter tudo. Ou até pode, mas o preço nem sempre é o mais agradável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente à vontade. Seu comentário é valiosíssimo pra mim. E sua crítica super bem vinda, desde que seja construtiva. Obrigada pela visita! Volte sempre!!